Empréstimo para MEI – Microempreendedor individual

Quando você formaliza seu pequeno negócio como MEI você passa a ter acesso a alguns serviços que só empresas. Uma dessas vantagens é poder obter empréstimos bancários. Você sabe como funciona o empréstimo para MEI? Veja nesse artigo.

Antes de falarmos sobre os empréstimos disponíveis gostaríamos de deixar claro que você deve utilizar essa ferramenta com cuidado, visando evitar endividamento desnecessário.

Empréstimo para MEI - Microempreendedor individual

 

Opções de empréstimo para MEI:

Empréstimo para capital de giro

Muitas vezes o MEI precisa de um empréstimo para fazer seu negócio girar, em razão disso foram criadas linhas de empréstimo para capital de giro.

Para conseguir esse tipo de empréstimo é importante não ter restrições no SERASA. Para o MEI essa restrição vale tanto para o CNPJ, pessoa jurídica, quanto para o CPF, pessoa física.

As linhas de crédito mais comuns são as feitas na Caixa e no Banco do Povo Paulista. Importante lembrar que você pode utilizar o SEBRAE para a apresentação de garantias.

As linhas de crédito mais populares são:

  • Parceria da Caixa e do FAMPE/Sebrae,  até R$ 12,5 mil de crédito, com prazo de pagamento de 24 meses, nove meses de carência, a uma taxa de juros de 1,59% ao mês. Clique aqui e veja.
  • Banco do Povo Paulista, até R$ 21 mil, taxa de juros de 0,35% ao mês e prazo de pagamento de 36 meses sendo 3 meses de carência. Clique aqui e veja.

Caixa Econômica Federal

A página oficial pode ser acessada neste link.

Banco do Brasil

A página oficial pode ser acessada neste link.

Microcrédito para MEI

Microcrédito é uma linha especial de empréstimo para o microempreendedor individual – MEI que envolve menores valores e menor burocracia.

Esse tipo de empréstimo pode ser conseguido com agentes operadores de crédito. No site do BNDES você tem acesso à: Lista de agentes operadores de recursos ao microempreendedor.

Assim como nos tipos de empréstimos anteriores, esse crédito deve ser utilizado com responsabilidade. Lembre-se, esse dinheiro extra é para fazer seu negócio crescer. A obtenção de um empréstimo para MEI só vale a pena se aumentar o faturamento do seu negócio.

Como está o seu cadastro como MEI?

O MEI tem sua formalização bastante simplificada, contudo, isso não quer dizer que você não precise manter sua formalização em ordem.

Antes de dirigir-se a qualquer banco você deve reunir toda a documentação referente a seu negócio, bem como documentos pessoais.

Outro ponto que gostaria de chamar a atenção é quanto ao fato de você conseguir demonstrar, de maneira contábil, a rentabilidade do seu negócio.

Muita gente reclama que vai ao banco e eles não mostram interesse em conceder o crédito. Bancos visam lucro. O negócio mais lucrativo para o banco é emprestar dinheiro, contudo, eles só o fazem se verificarem que irão receber o pagamento pelo crédito.

Você viu, neste artigo como funciona o empréstimo para MEI.

7 comentários em “Empréstimo para MEI – Microempreendedor individual”

Os comentários estão encerrado.