Lucro operacional

Você sabe o que é lucro operacional? Não? Neste artigo falaremos sobre ele.

O Lucro operacional é importante para que o empreendedor tenha a noção exata da rentabilidade dos serviços que oferece.

O que é Lucro Operacional

Lucro operacional é o lucro produzido exclusivamente pela operação do empreendimento, subtraindo-se as despesas administrativas, comerciais e operacionais.

O lucro operacional é, dessa forma, uma das informações que compõem a Demonstração do Resultado do Exercício, o DRE. Esse relatório é um resumo dos resultados da empresa durante um período determinado, usualmente um ano, sendo, também, uma das melhores ferramentas para análise do empreendimento.

Lucro operacional não se confunde com lucro bruto, esse último é calculado em um estágio anterior. Com o lucro bruto em mãos, subtrai-se as despesas administrativas, comerciais e operacionais e, posteriormente, calculamos o lucro operacional.

Sendo assim, o lucro operacional consegue dar uma visão real dos resultados financeiros alcançados pela empresa, já que ele reflete a diferença exata entre custos e receitas.

Como calcular o lucro operacional?

Como calcular o lucro operacional? Vamos lá.

É simples, fazemos a seguinte conta:

Lucro operacional = Lucro Bruto – Despesas Operacionais + Receitas Operacionais

Como chegamos a esse cálculo? Acompanhe:

Receita Operacional Bruta

(-) Deduções da Receita Bruta

Devoluções de Vendas

Descontos sobre Vendas

Impostos diretos sobre Vendas (ICMS, PIS/ COFINS, ISS)

(=) Receita Operacional Líquida

(-) Custos da Mercadoria Vendida ou Serviços Prestados

(=) Lucro Operacional Bruto

(-) Despesas Operacionais

Despesas Comerciais

Despesas Administrativas

Despesas Operacionais

(+)  Receitas Operacionais

(=) Lucro operacional Líquido

Como você viu, o cálculo começa com a receita operacional, ou seja, as estritamente ligadas à atividade da empresa.

Vamos a um exemplo para ficar mais claro.

Sua empresa vendeu R$ 10.000,00 em artigos esportivos. Digamos que tenham ocorrido R$ 50,00 em devoluções, R$ 50,00 em descontos e R$ 3.000,00 em impostos.

Resultado:

Receita líquida: R$10.000,00 – R$50,00 – R$50,00 – R$3.000,00 = R$6.900,00

Consideremos que o custo do material vendido seja de R$ 2.000,00. Agora calculamos o lucro bruto.

Lucro bruto: R$6.900,00 – R$2.000,00 = R$4.900,00

Com o lucro bruto em mãos, subtraímos as despesas operacionais e somamos as receitas operacionais.

Digamos que as despesas operacionais (pagamento de colaboradores, despesa de operação, aluguel, luz etc) tenham totalizado R$ 1.000,00.

Digamos, também, que as receitas operacionais (não ligadas à atividade fim da empresa) tenham sido de R$ 1.500,00.

Com esses dados, concluímos o cálculo: Lucro operacional = 4.900,00-1.000,00+1.500,00 = R$ 5.400,00

Chegamos à fórmula que falamos no início: Lucro operacional = Lucro Bruto – Despesas Operacionais + Receitas Operacionais.

O lucro operacional é, conforme demonstrado, um dos mais importantes indicadores financeiros da empresa.

 

Como calcular o preço de venda (lucro)

Nem todo mundo gosta de realizar cálculos. Na verdade, quase ninguém gosta não é mesmo? Contudo, quem tem seu próprio negócio, gostando ou não, é obrigado a realizar alguns cálculos já que todo negócio, em primeira análise, visa um detalhe chamado: lucro. Para apurarmos a lucratividade de um determinado produto, devemos saber como calcular o preço de venda. Você sabe como fazer? Não? Aprenda neste post.

Lembrando que a fórmula de cálculo usada aqui serve tanto para negócios físicos como online.

Custo por produto e despesas fixas

Custo por produto

Caso você realize compra e venda de produtos prontos, ou compra de matérias primas para criação de um novo produto, o valor gasto para aquisição ou confecção do mesmo é o “valor básico” em cima do qual faremos os demais cálculos.

Exemplo: Você é um vendedor de camisetas

Caso você compre as camisetas já prontas, seu custo por produto será o valor gasto para adquirir as mesmas. Importante salientar que é o custo total, não só o preço da camiseta em si. Se você tem algum gasto com transporte, por exemplo, este deve fazer parte do cálculo. Assim, se você compra 10 camisetas por R$100,00 e gasta R$ 20,00 com transporte, o custo total é de R$ 120,00, como foram 10 camisetas, o custo por unidade é de R$ 12,00 (120/10).

Se em vez de comprar prontas, você confecciona as camisetas, deve calcular quanto gasta de tecido, linhas, estampas, botões etc para confeccionar um número X de camisetas. Digamos que você gaste R$ 80 reais para produzir 10 camisetas, então, seu custo por unidade seria de R$ 8,00.

Despesas Fixas

Como calcular o preço de venda - lucroAlém do custo por produto, você tem outras despesas indiretamente envolvidas no processo de compra ou produção. Nós devemos saber quanto essas despesas fixas devem influir no preço de cada produto. As despesas fixas podem ser estimadas para um determinado período. Existem várias maneiras de calcular isso, vamos citar aqui a que consideramos mais fácil e bastante válida ao caso.

Pegue suas despesas fixas mensais como água, luz, telefone, (taxa fixa mensal – MEI), internet, aluguel e outras dos últimos 12 meses.

Pegue o total obtido com vendas nos últimos 12 meses.

Confira sua planilha de fluxo de caixa para pegar os valores.

Divida as despesas pelas vendas e multiplique por 100. O resultado é o percentual que cada venda deve contribuir para abatimento das despesas fixas.

Exemplo: Se nos últimos 12 meses você teve R$10.000,00 de despesas fixas e R$ 50.000,00 de vendas, o cálculo fica assim: 10.000,00/50.000,00×100=20%.

Margem de lucro

Agora que temos em mãos o custo específico por produto e o percentual do quanto cada venda de abater dos custos fixos, podemos definir nossa margem de lucro. Lembrando que a margem de lucro é calculada por produto, ou seja, se você vende diversos tipos de mercadorias, pode calcular uma margem de lucro específica para cada um deles. Importante, contudo, é que você defina uma margem de lucro mínima, vamos trabalhar, neste exemplo, com 15%.

Como calcular o preço de venda – lucro

Com todos os dados disponíveis, agora ficou bastante fácil calcular o preço de venda.

Vamos a um exemplo:

Custo total por produto: R$10,00;

Percentual das despesas fixas: 20%

Margem de Lucro desejada: 15%

O resultado de 10+20%+15% é o preço mínimo para venda. Mas como calcular? Se você pensou em somar 10+35% de 10, pensou errado, devemos fazer uma equação que, nesse caso, servirá de fórmula do preço de venda.

O preço de venda (PV) equivale a 100% do que você quer não é? 10+20%+15% dará o preço de venda, não é mesmo? Então montamos a equação assim:

100% (PV) = 10+20%+15% (realizamos a soma dos %)
100% (PV) = 10 + 35% (passamos o % para o outro lado com o sinal invertido)
100%(PV) – 35% = 10 (realizamos o cálculo do %)
65% = 10 (dividimos e achamos a %)
PV= 10/65%
PV = 0,1538 (multiplicamos por 100 e achamos o preço de venda)
PV = 0,1538 x 100 = R$ 15,38

Achou complicado o cálculo do preço de venda? Não se desespere, criamos uma planilha no Microsoft Excel para realização do mesmo. Baixe a planilha CLICANDO AQUI.

Esperamos, com este artigo, ter esclarecido como calcular o preço de venda (lucro).