Marcelo Ostia – de morador de rua a empresário

Esta é mais uma daquelas histórias que nos dá a sensação de que nada é impossível quando nós nos dedicamos muito a um objetivo. Todo empreendedor passa por momentos de desanimo, várias coisas parecem dar errado e nos sentimos como que rodando sempre no mesmo lugar, sem muitas perspectivas de grande sucesso. No entanto, ao vermos histórias como a do empreendedor Marcelo Ostia, percebemos que podemos estar somente usando os métodos errados.

Resultado da dedicação e metodologia correta de Marcelo Ostia: Criação da Camisetas da Hora e faturamento mensal de R$ 120 mil reais.

“As pessoas não falham. Elas desistem”. Marcelo Ostia, de 32 anos, só se deu conta da reviravolta que havia acontecido em sua vida quando leu esta frase em uma camiseta doada por voluntários a moradores de rua do centro de São Paulo. Ele estava dormindo em uma vaga de estacionamento quando um motorista de caminhão lhe entregou a peça de roupa. “Vi que a minha situação era crítica, estava sendo confundido com um mendigo”. Isso bastou para que o empreendedor revertesse completamente os rumos de sua vida. Hoje, sua empresa conta com 835 franqueados e um faturamento de R$ 120 mil por mês.

Se ele conseguiu sair de morador de rua a tamanho faturamento por mês, por que nós, com os mesmos métodos que ele, não podemos conseguir desempenho parecido?

Como Marcelo Ostia conseguiu o sucesso?

Marcelo OstiaEmbora hoje Marcelo Ostia seja um exemplo de sucesso, o caminho foi árduo. Sem emprego, Ostia decidiu montar uma copiadora rápida na garagem da casa dos pais, sua primeira experiência como empreendedor. Um de seus clientes era o dono de uma camisetaria que comentou com ele que precisava de alguém para fazer a arte das estampas. Vendo uma oportunidade, ele ofereceu seus serviços – mesmo sem saber nada sobre arte gráfica. “Instalei o CorelDRAW no computador e fiquei fuçando, aprendendo sozinho durante uns três meses. Foi um pelejo bem grande, mas consegui”.

Quando os negócios começavam a ir bem, a empresa do novo cliente foi à falência e o dono veio perguntar a Ostia se ele não gostaria de comprar os equipamentos de estampa. Foi a segunda grande reviravolta na vida do empreendedor, que também não sabia nada sobre estampar camisetas, mas aceitou fechar o negócio mesmo assim. A copiadora virou, então, uma gráfica rápida: fazia banners, faixas, cartazes e também estampava camisetas. Depois de algum tempo, no entanto, essa empresa faliu!

Isso não fez Ostia desistir.

“Percebi que precisava mudar. Além disso, a minha namorada estava grávida”. Ostia decidiu, então, começar a produzir camisetas para vender pela internet. No começo, ele anunciava os produtos no Mercado Livre e colocava no correio para fazer as entregas – passava os dias circulando entre a rua Bresser e uma lan house próxima ao estacionamento. Em 2004, quando conseguiu juntar R$ 300, criou uma página do negócio na internet e voltou para Itu.

Desde então, a Camisetas da Hora cresceu de maneira assustadora. Atualmente, a marca vende até 8 mil camisetas por mês, por meio de suas 834 franquias online, um quiosque em Itapevi (SP) e um furgão que viaja o Brasil todo vendendo os produtos em eventos. Daqui a 60 dias, será inaugurada a primeira loja física da rede, em Araraquara. “Isso é empreendedorismo. O empreendedor consegue ver vantagens em qualquer situação, consegue criar oportunidades onde as outras pessoas só veem problemas”.

Como pessoa diferenciada que é, Ostia decidiu ajudar outras pessoas a desenvolverem as mesmas capacidades e utilizarem os mesmos métodos que ele utilizou. Em razão disso, criou o curso Metamorfose Empreendedora, que é um programa comportamental por ele desenvolvido que visa mudar a forma de pensar e agir do empresário, aprimorar habilidades e corrigir vícios, direcionando sua empresa para o alcance do sucesso pleno.

A história de superação de Marcelo Ostia já lhe rendeu várias participações em programas de TV, confira abaixo:

GLOBO – Torne-se um empresário de sucesso!

SBT – Microfranquias – Trabalhe sem sair de casa!

RECORD

REDE TV

BAND

ROBERTO JUSTUS

Então é isso, que Marcelo Ostia sirva de exemplo para nós todos.

Fonte: ÉPOCA NEGÓCIOS – Marcelo Ostia

Franquias home based – 2021

Procurando saber um pouco mais sobre as melhores franquias home based para 2021? Está no lugar certo. Principalmente devido aos efeitos da pandemia, esse tipo de negócio tem sido muito procurado, veja mais a seguir.

Neste artigo falaremos um pouco mais sobre as franquias home based, ou seja, negócio que funcionam em casa. Estas franquias se destacam por serem de baixo custo e proporcionarem altas chances de sucesso, sendo, assim, uma ótima oportunidade de negócio para este ano.

Franquias home based

As franquias home based são negócios que, como o nome sugere, podem ser estabelecidos na residência do empreendedor. Assim, esse tipo de franquia de baixo investimento tem algumas vantagens como, por exemplo, “eliminação” dos custos operacionais de um ponto comercial e contratação de funcionários. Além disso, esse tipo de franquia é uma ótima oportunidade de negócio para quem não quer ou não pode ficar longe de casa por longos períodos diariamente.

Uma franquia home based pode tranquilamente ser a fonte de renda principal da família, já que, apesar de serem baratas, podem ser muito rentáveis, assim como podem, também, servir de complementação.

Importante ficar claro, contudo, que disciplina e foco no trabalho são muito mais exigíveis dos franqueados “em casa”, já que, como boa parte da atividade é realizada em sua própria residência, o franqueado deve separar bem as tarefas do cotidiano com as do empreendimento. Isso é essencial para que sua franquia seja de sucesso.

Franquias home based 2021

Para você que se interessou pelas franquias home based e está buscando alternativas para 2021, confira nossa lista de ótimas franquias no Brasil.

Opções de franquias home based para 2021

Franquias home based: Doutor Faz Tudo

Doutor Faz TudoA Doutor Faz Tudo é especializada em manutenção predial. Esta franquia home based tem investimento inicial a partir de R$ 20 mil e faturamento médio mensal de R$ 22 mil. O franqueado vai até o cliente para efetuar os reparos, não há necessidade de recebê-lo em casa.
Site: Doutor Faz Tudo

Franquias home based: Eco Jardim

Eco JardimA Eco Jardim trabalha com serviços de jardinagem e tem investimento inicial a partir de R$ 28,1 mil e faturamento médio mensal de R$ 10 mil. Não é necessário receber clientes ou fornecedores no escritório, o franqueado vai à casa do cliente para realizar o serviço.
Site: ECO Jardim

Franquias home based: Guia-se Negócios pela Internet

Guia-se Negócios pela InternetGuia-se Negócios pela Internet: serviço de marketing digital. Esta franquia home based tem investimento inicial a partir de R$ 18,9 mil e faturamento médio mensal de R$ 10 mil. Não há necessidade de receber visitas no escritório, porém o franqueado frequentemente faz visitas aos clientes.
Site: Guia-se Negócios pela Internet

Franquias home based: Home Angels

Home AngelsA Home Angels oferece serviço de cuidadores de pessoas. Seu investimento inicial é a partir de R$ 20 mil e faturamento médio mensal de R$ 20 mil. Não é preciso receber clientes em casa, o serviço é prestado em domicílio.
Site: Home Angels

Franquias home based: Jan-Pro

Jan-ProJan-Pro: limpeza comercial. Esta tem investimento inicial a partir de R$ 5.000 e faturamento médio mensal de R$ 5.600. Em uma das opções da franquia não é necessário ponto de venda, o franqueado recebe o pedido do cliente e leva o material para realizar o serviço.
Site: Jan-Pro

Franquias home based: Net Profit

Net ProfitA Net Profit trabalha com treinamento empresarial. Tem investimento inicial a partir de R$ 20,9 mil e faturamento médio mensal de R$ 12 mil. Na maior parte dos trabalhos, o franqueado vai até o cliente para fazer o treinamento. Caso o franqueado opte por prestar o serviço em sua residência, é necessário um investimento de até R$ 3.000 na adaptação e adequação do espaço.
Site: Net Profit

Franquias home based: Seguralta

SeguraltaSeguralta: corretora de seguros. Esta franquia tem investimento inicial a partir de R$ 17,5 mil e faturamento médio mensal de R$ 8.000. Não há necessidade de receber clientes em casa. As tarefas podem ser realizadas por telefone e pelo computador.
Site: Seguralta

Franquias home based: Seu Professor

Seu ProfessorA Seu Professor presta serviço de reforço escolar virtual. Tem investimento inicial a partir de R$ 15 mil e faturamento médio mensal de R$ 100 mil. O franqueado realiza mais visitas a fornecedores e parceiros do que o contrário. Caso haja necessidade, o franqueado pode procurar escritórios virtuais para utilizar reuniões.
Site: Seu Professor

Franquias home based: AcquaZero

AcquaZeroAAcquaZero oferece serviço de lavagem ecológica de automóveis, portanto, é um negócio com grande potencial de crescimento. Tem investimento inicial a partir de R$ 5.480 e o faturamento médio mensal varia de R$ 3.000 a R$ 5.000. Uma das opções da franquia é o delivery, em que o franqueado não precisa ter uma estrutura para receber os veículos, ele mesmo leva os produto até a casa do cliente e faz a lavagem.
Site: AcquaZero

Você conferiu neste artigo boas franquias home based para 2021!

Como ser mais produtivo – 5 dicas

Procurando formas de como ser mais produtivo? Muito bom, isso prova que você está buscando tornar-se melhor no que faz, seja administrando seu próprio negócio ou mesmo como funcionário. Veja a seguir algumas dicas.

Como fazer algo diferente?

Foi-se o tempo em que ser simplesmente “comum” era o suficiente. Atualmente a concorrência está bastante acirrada, de forma que os menos eficientes estão quase que fadados ao fracasso. Dessa forma, ser mais produtivo é quase uma necessidade para sobreviver às exigências do mercado.

Para você que é empreendedor, é bom ter em mente que empreendimentos do mesmo setor que o seu, nesse momento, podem estar procurando formas de melhorar seus produtos e ou serviços de maneira que, se você não fizer o mesmo, certamente perderá clientes e, consequentemente, dinheiro.

Para você que é funcionário a mesma regra é válida. Embora muitos não pensem assim, você também está colocado em um ambiente de concorrência. Qualquer empresa valoriza bons funcionários e os melhores, quase sempre, são os primeiros a conseguirem promoções e/ou aumento de salário. Pense nisso, não fique parado!

Como ser mais produtivo

Como ser mais produtivo?

Ao contrário do que muitos pensam, a maior parte das pessoas altamente produtivas não nasceram assim. Boa produtividade é questão de postura, atitude e, principalmente, hábito, de forma que ser mais produtivo depende em maior parte de sua forma de agir do que de suas características pessoais.

Assim, quer saber como ser mais produtivo? confira nossas dicas:

1º Liste tarefas

Não saber exatamente o que fazer é o principal fator de redução de desempenho. Dessa forma, faça uma lista em um caderno, celular ou PC de tudo o que tem a fazer durante o dia. Risque a tarefa à medida que for cumprindo. Chegar ao final do dia e ver a lista totalmente “riscada” dá uma ótima sensação de dever cumprido. Siga o princípio do “Missão dada é missão cumprida” e determine-se a fazer tudo o que planejou fazer, isso aperfeiçoa sua personalidade e potencializa sua produtividade.

Cumprir tarefas todo dia também ajuda a criar o hábito de ser produtivo.

2º Não exagere na lista

Muitas vezes na ânsia de nos tornarmos mais produtivos, acabamos nos comprometendo com um número de tarefas que dificilmente conseguiremos cumprir. Como dissemos na dica anterior, tudo o que você planejar fazer você deverá fazer, haja o que houver, então, não se comprometa com tarefas que sabe que não conseguirá cumprir.

3º Elimine distrações

Quando estiver em atividade, elimine tudo que não diga respeito a seu trabalho. Redes sociais, chats, WhatsApp, Skype e outros são exemplos de distrações que aniquilam a produtividade. Reserve um tempo do seu dia para essas atividades, mas não muito. Quando estiver trabalhando, comprometa-se com o que estiver fazendo, sem qualquer distração.

4º Acabe com a procrastinação

“Deixar para depois” é um grave defeito que deve ser combatido. Se quisermos ser realmente produtivos, temos que fazer o que tem que ser feito a todo momento, sem adiamentos desnecessários. Para não nos estendemos no assunto, recomendamos a leitura do artigo como se livrar da procrastinação do blog Estudo Administração.

Como dissemos antes, tudo é basicamente hábito.  Quem se é produtivo todo dia adquire esse hábito, contudo, quem procrastina todo dia também o adquire.

5º Motive-se e descanse

Mantenha sua motivação enquanto estiver trabalhando. Empregue toda sua energia em sua atividade, isso melhora a qualidade do seu serviço e, consequentemente, a valorização do mesmo. Além disso, com ser humano que é, procure descansar de tempos em tempos. Ninguém consegue ser 100% o tempo interno, portanto, descanse quando necessário.

Veja esse vídeo sobre como ser mais produtivo:

Conhece outras formas de como ser mais produtivo? Poste nos comentários.

Curso de depilação – Oportunidade

Já pensou em fazer um curso de depilação? Pois é, está aí uma ótima opção de negócio.

Os empreendimentos relacionados à depilação, tanto feminina como masculina, estão crescendo a todo vapor no país. A preocupação cada vez maior das pessoas com a beleza tem feito com que esse tipo de negócio apareça como grande nicho de oportunidade de trabalho.

Em épocas recentes, o assunto depilação restringia-se às mulheres, contudo, a cada dia que passa, mais e mais homens estão aderindo à tendência de também depilarem-se.

A implementação de um negócio desse tipo não é muito complexa e pode ser feita em um pequeno estabelecimento comercial, em casa, ou mesmo de forma móvel, com o empreendedor(a) indo até a residência do cliente. Consulte o setor responsável na Prefeitura de sua cidade, a fim de verificar se não há impedimentos.


Curso de depilação

Para quem se interessou pelo assunto, seguem algumas dicas:

1º Faça um curso de depilação

Pensamos que essa deve ser a primeira atitude a ser tomada, tendo em vista que, realizado o curso de depilação, você passará a ter maiores conhecimentos sobre o assunto, definindo assim o foco exato do se negócio.

Em nossas pesquisas, localizamos dois cursos de depilação que podem ser realizados de maneira online.

 

 

Além disso, você pode procurar por cursos de depilação presenciais em sua cidade.

2º Plano de Negócios

Procure o SEBRAE de sua cidade para elaboração de um plano de negócios específico para você. Mesmo pequenos negócios devem ser bem planejados. Não inicie seu empreendimento de qualquer maneira, pois, assim fazendo, você aumenta consideravelmente suas chances de fracasso.

3º Formaliza-se como Microempreendedor Individual

Essa fase é importante. Você pode formalizar-se como microempreendedor individual na categoria “Depilador(a)” e, assim, passar a ter CNPJ, benefícios previdenciários e várias outras vantagens. Para saber mais, recomendamos os artigos abaixo:

 

 

 

MEI pode ter funcionário?

Você já se perguntou se o MEI pode ter funcionário? Esse é um ponto importante, pois com um funcionário o pequeno empreendedor aumenta sua capacidade de realizar serviços. Veja a resposta mais adiante.

Antes de detalhamos já esclarecemos que sim, o microempreendedor individual pode ter funcionário. Mas quantos? Quanto pode pagar de salário? Como contratar? Quais documentos necessários para contratação? Veja abaixo essas e outras questões referentes à contratação de funcionário por parte do MEI.

Quantidade, salário do funcionário e contribuição do MEI

O MEI pode contratar até um funcionário. A remuneração do funcionário do MEI pode ser de, no máximo, um salário mínimo vigente, ou o piso salarial da categoria.

A contribuição do MEI é de 11% referente ao salário pago ao funcionário. Desses, 8% são descontados do salário do funcionário e 3% são de responsabilidade do MEI, ou seja, você mesmo paga. Dessa forma, os valores mensais podem se alterar com o passar dos anos, tendo em vista que tanto o salário mínimo como o salário base da categoria podem ser ajustados.

Além dos 3% de responsabilidade do empregador referente ao INSS, o MEI também deve depositar o FGTS, calculado à alíquota de 8% sobre o salário do empregado. Em resumo, 11% são de responsabilidade do empregador, sendo 3% de previdência e 8% de FGTS.

No caso de funcionária com direito a salário maternidade, tal benefício será pago pelo INSS.

Fica claro, dessa forma, que MEI pode ter funcionário. Vamos a outros esclarecimentos!

 

MEI pode ter funcionário?

Documentos para contratação de funcionário

O MEI pode realizar a formalização da contratação de funcionário por conta própria ou optar por ter auxilio de um contador. Caso contrate um profissional de contabilidade, tal serviço poderá ter os custos cobrados pelo contador.

Os documentos que o funcionário deve apresentar são:

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS;
  • Certificado Militar;
  • Certidão de Casamento e de Nascimento;
  • Declaração de dependentes para fins de Imposto de Renda na fonte;
  • Atestado Médico Admissional;
  • Declaração de rejeição ou de requisição do vale-transporte;
  • RG – cédula de identidade;
  • CPF;
  • Cartão PIS (Programa de Integração Social).
  • Outras informações como comprovante de endereço e telefone, mas esses não são obrigatórios.

Procedimentos do MEI para contratação de empregado

Após receber a documentação do funcionário, o MEI deverá tomar as seguintes providências:

  • Anotar na CTPS a data de admissão, a remuneração e as condições especiais, caso existam;
  • Devolver ao empregado a CTPS em 48 horas. Aconselhamos que você faça um termo de recibo, do tipo “Eu, fulano de tal(funcionário), recebi a CTPS número XXXXX, de fulano de tal(empregador);
  • Preencher a ficha de salário-família;
  • Incluir a contratação no CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados;
  • Até o dia 15 de cada mês, o MEI deverá postar o formulário que pode ser adquirido nos próprios Correios, no qual há a informação sobre o movimento de pessoal ocorrido do mês anterior;
  • Efetuar o cadastro no PIS, caso o empregado ainda não possua;
  • Recolher mensalmente o INSS sobre o valor do salário pago, no total de 11%, através da GPS código 2003 – CNPJ – Simples Nacional;
  • Recolher mensalmente o FGTS, sendo a alíquota de 8% sobre o valor do salário pago;
  • Apresentar a Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social – GFIP/FGTS;
  • Apresentar a anualmente a Relação Anual de Empregados – RAIS, ao Ministério do Trabalho e Emprego – MTE;
  • Você deve arquivar os documentos comprobatórios de cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias, pelo período de até 30 anos.

E o eSocial?

O MEI tem acesso ao  Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas eSocial.

O Microempreendedor Individual que tiver empregado deve obrigatoriamente usar o eSocial.

Para saber mais, confira o vídeo de André Spínola sobre o tema:

Vimos então, neste artigo, que o MEI pode ter funcionário.

Franquia Doctor Frio – 2021

Conhece a Franquia Doctor Frio? Alavancados pela maior frequência de períodos de altas temperaturas somado ao maior poder de compra de parte da população, o negócio tanto de venda como de serviços manutenção de aparelhos de ar-condicionado passa por boa fase no Brasil.

Em razão disso, várias empresas do setor têm conseguido bom desempenho nos últimos anos, passando por um firme processo de crescimento, de forma que são ótimas oportunidades de negócios lucrativos e relativamente baratos.

Dentre as empresas do ramo de de ar-condicionado, falaremos hoje sobre a Franquia Doctor Frio, que é uma rede de serviços especializada na instalação e manutenção, preventiva e corretiva, de aparelhos de ar-condicionado tanto em residências como em empresas.

A Doctor Frio foi criada em 1995, tendo virado franquia somente em 2014. Nesse ano a empresa abriu oito unidades e só cresce desde então. A Doctor Frio é considerada uma das melhores franquias do setor.

Franquia Doctor Frio

Para ser um franqueado da empresa não é necessário ter experiência no ramo. A Doctor Frio afirma que presta todo o apoio necessário ao franqueado na contratação de profissionais qualificados.

Nunca é exagero lembrar que é muito importante, antes de ingressar no mundo das franquias, que você saiba exatamente o que está fazendo, a fim de potencializar suas chances de sucesso. Com o conhecimento adequado, aumenta e muito a chance de fazer a franquia ser mais lucrativa.

Trabalhando corretamente e com as informações adequadas, sim, a franquia Doctor Frio é uma ótima oportunidade de negócio, possui custo relativamente baixo e alta probabilidade de sucesso.

Confira abaixo as características da franquia, lembrando que estes valores podem sofrer alteração:

Franquia DOCTOR FRIO

– Tipo de negócio: Instalação e manutenção de ar-condicionado
– Data de fundação da empresa: 1995
– Capital inicial: entre R$ 35.000 e R$ 45.000
– Capital de giro: de R$ 15.000
– Taxa de franquia: R$ 10.000
– Prazo médio de retorno do investimento: 12 meses
– Número médio de funcionários: 4
– Site: www.doctorfrio.com.br

Você viu, neste artigo, mais informações sobre a franquia doctor frio.

Empréstimo para MEI – Microempreendedor individual

Formalizando seu pequeno negócio como MEI você passa a ter acesso a alguns serviços que só empresas possuem. Uma dessas vantagens é poder obter empréstimos bancários com taxas diferenciadas. Você sabe como funciona o empréstimo para MEI? Veja a seguir.

Antes de falarmos sobre os empréstimos disponíveis gostaríamos de deixar claro que você deve utilizar essa ferramenta com cuidado, visando evitar endividamento desnecessário.

Empréstimo para MEI - Microempreendedor individual

 

Opções de empréstimo para MEI:

Empréstimo para capital de giro

Muitas vezes o MEI precisa de um empréstimo para fazer seu negócio girar, em razão disso foram criadas algumas linhas de empréstimo para capital de giro.

Para conseguir esse tipo de empréstimo é importante não ter restrições no SERASA. Para o MEI essa restrição vale tanto para o CNPJ, pessoa jurídica, quanto para o CPF, pessoa física.

As linhas de crédito mais comuns são as feitas na Caixa e no Banco do Povo Paulista. Importante lembrar que você pode utilizar o SEBRAE para a apresentação de garantias.

As linhas de crédito mais populares são:

  • Parceria da Caixa e do FAMPE/Sebrae,  até R$ 12,5 mil de crédito, com prazo de pagamento de 24 meses, nove meses de carência, a uma taxa de juros de 1,59% ao mês. Clique aqui e veja.
  • Banco do Povo Paulista, até R$ 21 mil, taxa de juros de 0,35% a 0,80% ao mês. Clique aqui e veja.

Caixa Econômica Federal

A página oficial pode ser acessada neste link.

Banco do Brasil

A página oficial pode ser acessada neste link.

Microcrédito para MEI

Microcrédito é uma linha especial de empréstimo para o microempreendedor individual – MEI que envolve menores valores e menor burocracia.

Esse tipo de empréstimo pode ser conseguido com agentes operadores de crédito. No site do BNDES você tem acesso à: Lista de agentes operadores de recursos ao microempreendedor.

Assim como nos tipos de empréstimos anteriores, esse crédito deve ser utilizado com responsabilidade. Lembre-se que esse dinheiro extra é para fazer seu negócio crescer. A obtenção de um empréstimo para MEI só vale a pena se aumentar o faturamento do seu negócio.

Como está o seu cadastro como MEI?

O MEI tem sua formalização bastante simplificada, contudo, isso não quer dizer que você não precise manter sua formalização em ordem.

Antes de dirigir-se a qualquer banco você deve reunir toda a documentação referente a seu negócio, bem como documentos pessoais.

Outro ponto que gostaria de chamar a atenção é quanto ao fato de você conseguir demonstrar, de maneira contábil, a rentabilidade do seu negócio.

Muita gente reclama que vai ao banco e eles não mostram interesse em conceder o crédito. Bancos procuram lucro. O negócio mais lucrativo para o banco é emprestar dinheiro, contudo, eles só o fazem se verificarem que irão receber o pagamento pelo crédito.

Dessa forma, um negócio organizado faz toda a diferença. Lembramos sempre, também, que embora o MEI não seja obrigado a possuir contador, o auxílio de um profissional ajuda bastante na organização.

Você viu, neste artigo como funciona o empréstimo para MEI.

Planilha fluxo de caixa simples – MEI (2021)

Está à procura de uma planilha fluxo de caixa simples para MEI? Está no lugar certo, veja mais a seguir.

Primeiramente, para esclarecer, fluxo de caixa é um instrumento contábil básico que auxilia no controle de caixa e planejamento financeiro do empreendedor. O controle pode ser feito utilizando uma planilha, conforme mostramos mais adiante.

Embora não seja obrigatório para o microempreendedor individual – MEI, sua utilização é recomendável para melhor organização de seu empreendimento, bem como para facilitar a elaboração do Relatório Mensal de Receitas Brutas, que é de confecção obrigatória.

Muitos MEIs pensam que, pela aparente simplicidade de seu negócio e por não precisarem de contador, não devem adotar mecanismos de controle financeiro. Engana-se quem pensa assim, pois administrar corretamente as finanças certamente aumentará a lucratividade de seu negócio e o fluxo de caixa é o instrumento adequado para você MEI, pois é de preenchimento muito simples.

Planilha fluxo de caixa simples - MEI

Na planilha de fluxo de caixa são registrados todos os recebimentos (vendas e serviços à vista, à prazo, duplicatas, entre outros) e todos os pagamentos (compras à vista, à prazo, duplicatas, pagamento de despesas e outros). A previsão e preenchimento podem ser feitos por dia, mês, semestre ou ano.

A utilização do fluxo de caixa é bastante simples, pois se resume ao preenchimento do que você recebeu ou tem a receber e o que pagou ou tem a pagar. Um fluxo de caixa pode ser feito manualmente em um caderno, por você mesmo, embora essa seja a forma mais trabalhosa.

Visando simplificar seu trabalho, o blog Portal MEI elaborou uma planilha fluxo de caixa para MEI feita no Microsoft Excel, com download gratuito. Preocupamo-nos em fazê-la de maneira bastante simples, de forma que você não terá dificuldades em preenchê-la.

Download da planilha fluxo de caixa simples para MEI

Para fazer o  download da planilha é bastante simples, basta clicar aqui.

Saiba mais sobre fluxo de caixa

Para saber ainda mais sobre fluxo de caixa, confira esse vídeo do SEBRAE sobre o assunto:

Esperamos que gostem de nossa planilha fluxo de caixa simples para MEI!

MEI precisa de contador?

MEI precisa de contador? De acordo com a Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, que trata do microempreendedor individual – MEI, com limite de faturamento em R$ 81.000,00 anuais, o microempresário dessa categoria não é obrigado a contratar escritório de contabilidade, bem como está dispensado da contabilidade formal, não precisando escriturar nenhum livro.

Contudo, o microempreendedor individual – MEI não deve trabalhar de maneira desorganizada, devendo manter o controle do que compra, vende e quanto está ganhando com seus serviços, pois é de extrema importância para que se mantenha na categoria de MEI, o respeito ao limite de faturamento. Para tal controle, é importante utilizar uma planilha fluxo de caixa.

Em alguns casos, a contratação de um contador pode ajudar.

MEI pode ter contador?

O MEI  não é obrigado a ter contador, mas caso queira que seu serviço contábil seja realizado de maneira mais profissional, a contratação de um contador pode ser feita.

Um contador pode ajudar na organização do negócio, bem como contribuir com vários pontos importantes.

Por exemplo, para conseguir empréstimo ou para a emissão de um DECORE, o trabalho de um contador pode ser primordial.

Assim, para deixar claro, o MEI não é obrigado a ter contador, mas o acompanhamento por um profissional facilita e muito o trabalho do mesmo.

Além disso, o MEI que possui contador possui vantagens na hora da declaração anual.

MEI precisa de contador? Não, mas precisa de controle

Mesmo sabendo que o MEI não precisa de contador, este deve manter em arquivo as notas de compra de mercadorias, documentos do empregado contratado, se houver, e canhoto das notas fiscais que emitir. Assim, o MEI deve manter uma contabilidade básica.

Na verdade, essa pequena necessidade de organização serve para benefício do próprio MEI, de forma que o mesmo terá maior controle sobre as finanças de sua atividade bem como sobre seu faturamento efetivo.

Relatório Mensal das Receitas Brutas

Até o dia 20 de cada mês, o MEI deve preencher o Relatório Mensal das Receitas que obteve no mês anterior, ou seja, até o dia 20 de fevereiro, o MEI deve fazer o relatório do faturamento obtido em janeiro, por exemplo.

Para garantir a organização “mês a mês”, o MEI deve anexar ao relatório as notas fiscais de compras e de serviços, bem como as notas fiscais que emitir. Nós recomendamos que você crie pastas de arquivo, uma para cada mês e caixas de arquivo, uma para cada ano. Isso manterá sua documentação organizada e de fácil acesso.

O Portal do empreendedor disponibiliza: Modelo do Relatório Mensal de Receitas Brutas.

MEI precisa de contador

Declaração Anual Simplificada (faturamento)

Anualmente o Microempreendedor Individual – MEI deve fazer a declaração do faturamento referente ao ano anterior. A primeira declaração poderá ser preenchida pelo próprio MEI ou por contador optante pelo Simples, gratuitamente.

O Portal do empreendedor disponibiliza: Declaração Anual do Simples Nacional – DASN-SIMEI.

Atrasou o pagamento mensal?

Em caso de esquecimento do pagamento na data correta, haverá cobrança de juros e multa. A multa é de 0,33% por dia de atraso, até o limite de 20%. Os juros são calculados com base na taxa Selic, sendo de apenas 1%, caso se trate do primeiro mês de atraso.

Para esse tipo de pagamento, deve-se gerar novo DAS relativo ao mês em atraso, e esse já virá com os acréscimos dos juros e multa.

Assim, o MEI não precisa de contador, mas a contratação de um profissional pode ajudar muito o seu negócio.

MEI – Aposentadoria e benefícios previdenciários

Uma das grandes vantagens do trabalhador informal se tornar um microempreendedor individual – MEI é o fato de passar a ter direito a aposentadoria e outros benefícios previdenciários. Veja abaixo como funciona.

Para ter direito aos benefícios, o MEI, em regra geral, faz uma contribuição mensal fixa à previdência social correspondente à 5% (cinco por cento) do salário mínimo vigente. Em virtude de o salário mínimo ser constantemente atualizado, esse valor também sobre alteração.

Os benefícios abrangem o próprio microempresário e sua família. Os benefícios vão além de aposentadoria MEI.

Os benefícios do empresário são:

Os benefícios para família são:

  • Pensão por morte: a partir do primeiro pagamento em dia
  • Auxílio reclusão: a partir do primeiro pagamento em dia

Importante ressaltar que se o MEI contribui com base no salário mínimo, qualquer dos benefícios concedidos também terão como base tal salário.

MEI Aposentadoria por tempo de contribuição

Caso o microempreendedor individual – MEI queira se aposentar pelo tempo de contribuição, há a possibilidade de contribuir com mais de um salário mínimo à Previdência.

Para ter direito à aposentadoria por tempo de contribuição o MEI deve, além da DAS MEI, pagar a complementação de 15%.

É importante ficar atento, pois a reforma da previdência praticamente extinguiu a aposentadoria por tempo de contribuição. Contudo, o MEI que cumpriu os requisitos antes da reforma (13/11/2019)  poderá se aposentar com as regras antigas.

Encaixando-se nesse caso, o homem precisará ter cumprido 35 anos de contribuição e a mulher 30 anos de contribuição.

Quem não cumpriu esse período antes da reforma, deve verificar se encaixa-se nas regras de transição.

São ao menos 4 regras de transição que  permitem a aposentadoria por tempo de contribuição:

  • Idade progressiva;
  • Pedágio de 50%;
  • Pedágio de 100%; e
  • Regra dos pontos.
    MEI aposentadoria

Você conferiu neste artigo mais informações sobre a MEI aposentadoria e benefícios previdenciários.