Como emitir nota fiscal – MEI (2021)

Uma dúvida muito comum que os microempreendedores individuais têm é se o como emitir nota fiscal – MEI. Neste artigo esclareceremos alguns conceitos sobre nota fiscal eletrônica (NF-e), nota fiscal avulsa (NFA), nota fiscal avulsa eletrônica (NFA-e), nota fiscal eletrônica (NFe) e nota fiscal de venda a consumidor.

O Microempreendedor individual – MEI é obrigado a emitir nota fiscal na prestação de serviços e vendas realizadas para pessoas jurídicas, inclusive órgãos públicos, não sendo obrigatória a emissão para pessoa física, exceto se o consumidor exigir.

Portanto, a primeira dúvida está esclarecida: sim, o MEI pode emitir nota fiscal.

MEI pode emitir nota fiscal eletrônica?

O MEI não é obrigado a emitir a Nota Fiscal Eletrônica, mesmo quando realiza vendas interestaduais, mas pode emitir, caso desejar.

Mesmo dispensado da emissão de nota fiscal, o MEI deve procurar adquirir mercadorias ou serviços com documento fiscal válido. Lembrando que o ideal é que o MEI tenhas essas compras registradas em alguma planilha fluxo de caixa.

Como emitir nota fiscal MEI

Para emitir a nota fiscal eletrônica o MEI deve fazer seu credenciamento junto à Secretaria da Fazenda do seu estado.

Após, você vai precisar de um programa ou sistema para geração dessas notas fiscais. Existem diversos na internet com vários preços.

Como formalizar a compra de mercadoria usada de pessoa física?

Na compra de produtos sem nota fiscal e para formalizar a aquisição dos mesmos, o MEI deve emitir uma Nota Fiscal de Entrada, em seu próprio talão, com seus próprios dados (campo do destinatário), na opção de entrada de mercadoria, detalhando todas as mercadorias adquiridas sem comprovantes ou solicitar a emissão de uma Nota Fiscal Avulsa junto à Secretaria de Fazenda Estadual.

Tipos de notas fiscais do MEI:

1. Nota Fiscal Avulsa (NFA)

O procedimento para emissão de notas fiscal avulsa varia de estado para estado. Trata-se do método mais fácil e, por vezes, mais barato. Você deverá verificar o procedimento para emissão de nota fiscal avulsa na Secretaria da Fazenda – SEFAZ –  do seu estado. Muitos estados, visando eliminar as notas de papel, não mais disponibilizam esse tipo de nota.

2. Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e)

Somente alguns estados disponibilizam esse modelo de nota fiscal. A mesma funciona como a avulsa comum, com o diferencial de ser tirada pela internet. Consulta no site da SEFAZ de seu estado se o procedimento é possível na sua localidade.

3. Nota Fiscal eletrônica (NFe)

Para emissão de uma Nota Fiscal eletrônica (NFe) o MEI deverá solicitar autorização na Secretaria Fazenda do seu estado. O procedimento, exigências e documentação são diferentes de estado para estado. Fato importante é que o MEI, na emissão de NFe, paga as mesmas taxas das empresas “não MEI”.

4. Nota Fiscal de Venda a Consumidor

Trata-se de um bloco que pode ser preenchido manualmente. Para tanto, o MEI deverá pedir autorização da Secretaria da Fazenda e solicitar a impressão do bloco. Alguns estado não mais permitem este tipo de nota.

Como emitir nota fiscal – MEI: Procedimento

Para emitir nota fiscal o MEI deve dirigir-se à Secretaria de Fazenda do Estado ou do Município e solicitar a Autorização de Impressão de Nota Fiscal ou para emissão de notas fiscais eletrônicas. Depois disso, poderá procurar uma gráfica para elaboração de seu talão de notas fiscais ou adquirir um programa para geração das eletrônicas.

O MEI poderá solicitar às Secretarias de Fazendas, Estadual ou Municipal, a emissão de Nota Fiscal Avulsa e/ou Nota Fiscal Avulsa Eletrônica, sempre que necessário, caso ainda não tenha autorização para emissão dos talões próprios de Notas Fiscais.

Como o MEI deve enviar encomendas pelos correios?

As mercadorias enviadas pelos correios e/ou transportadora para fora do estado, devem ser acompanhadas obrigatoriamente da Nota Fiscal, seja a venda para Pessoas Físicas ou Jurídicas. As mercadorias sem nota fiscal poderão ser apreendidas pela fiscalização.

Fonte: SEBRAE – Nota fiscal

Como emitir nota fiscal eletrônica (NF-e) – passo a passo

Veja neste vídeo, ainda, o passo a passo sobre como emitir nota fiscal eletrônica – MEI:

Neste artigo procuramos esclarecer como emitir nota fiscal – MEI, inclusive eletrônica.

 

Franquias virtuais baratas – 5 dicas – 2021

Você tem interesse em franquias virtuais baratas? Estima-se que o número de consumidores virtuais, ou e-consumidores, ultrapassou a barreira de 36 milhões de pessoas. Dessa forma, uma franquia virtual surge como uma ótima opção de negócio para atendimento a esse público. Veja as indicadas para investimento em 2021.

Os serviços oferecidos pelas franquias virtuais são bastante diversificados e vão desde marketing digital até revenda de produtos. Conforme a Associação Brasileira de Franchising – ABF, existem algumas franquias unicamente virtuais, ou seja, sem loja física, cadastradas na Associação.

A tendência é que as franquias virtuais ao lado das franquias home based apresentem bom crescimento nos próximos anos. Uma franquia virtual pode ser realmente lucrativa.

Franquia Virtual – 2021

Assim como as franquias tradicionais, as franquias virtuais devem seguir os preceitos da Lei de Franchising (8.955/94).

O principal atrativo das franquias virtuais certamente é o baixo investimento inicial, sendo consideradas baratas em relação às tradicionais, somado à maior facilidade de implementação, tendo em vista que não é necessário possuir uma sede física e, de início, contratar colaboradores. Além disso, considerando o universo de milhões de consumidores online, as possibilidades de faturamento são imensas.

Contudo, o interessado deve tomar alguns cuidados antes de adquirir uma das franquias virtuais. Pesquisa de mercado e aumentar seus conhecimentos sobre o negócio que pretende desenvolver são regras obrigatórias. Abrir um negócio, seja ele virtual ou físico, sem ter conhecimento sobre o mesmo, é começar a caminhada com maior chance de fracasso do que de sucesso. Portanto, estude!

Além disso, pesquise especificamente sobre a franquia virtual na qual você está interessado, principalmente questões contratuais e de suporte oferecido aos franqueados. Espera-se que o franqueador qualifique o franqueado antes que o mesmo comece a trabalhar, fornecendo-lhe, inclusive, estratégias de negócio.

A melhor forma de pesquisa é conversar com outros franqueados, pois este poderão lhe passar informações sobre o negócio na prática.

Nem precisamos falar que você deve ter o “tino” empreendedor e facilidade com ferramentas digitais para ingressar com maior probabilidade de sucesso em tal tipo de negócio, mesmo com franquias virtuais baratas, pois o menor investimento inicial não é garantia de sucesso.

Franquias Virtuais Baratas

Franquias virtuais baratas – 5 dicas

Confira nossa lista de cinco franquias virtuais baratas:

Guia-se Negócios pela Internet

  • Segmento – Comunicação, Informática e Eletrônicos
  • Tipo de Negócio – Negócios pela Internet e Consultoria de Marketing Digital
  • Investimento – a partir de R$ 24.900,00
  • Retorno do Investimento – de 6 a 24 meses
  • Faturamento Médio Mensal – R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00

Franquia Louyt

  • Segmento – Comunicação, Informática e Eletrônicos
  • Tipo de Negócio – Software para criação de campanhas de marketing mobile
  • Investimento – a partir de R$ 21.000,00
  • Retorno do Investimento – de 6 a 8 meses

Portal da Cidade

  • Segmento — Comunicação, Informática e Eletrônicos
  • Tipo de Negócio — Veículo de comunicação online
  • Investimento — a partir de R$ 22.500
  • Retorno do Investimento — 6 a 12 meses

Inoivando

  • Tipo de Negócio – Inserimos e aumentamos a presença online do fornecedor de serviços ou produtos de casamentos, através de um trabalho em marketing digital especializado e regional.
  • Investimento – a partir de R$ 23.000
  • Retorno do Investimento – de 12 a 24 meses
  • Faturamento Médio Mensal – R$ 15.000- Tipo de negócio: Consultoria em marketing digital

FlyWorld

  • Tipo de Negócio – Hotelaria e Turismo
  • Investimento – a partir de R$ 15.500,00
  • Retorno do Investimento – de 6 a 12 meses

Como já dissemos, mesmo as franquias virtuais sendo mais baratas, não ingresse em qualquer negócio sem realizar o planejamento adequado. Pesquise bastante e estude antes, pois, dessa forma, suas chances de sucesso aumentarão.

Para fechar, veja esse vídeo do Sebrae sobre lojas virtuais:

Está interessado no negócio de franquias? Conheça nossas sugestões de boas franquias home based.

Conhece outras opções de franquias virtuais baratas para  2020? Poste nos comentários.

 

Melhores franquias – 2020

A Grupo Bittencourt (consultoria especializada em varejo e franchising) divulgou lista com as melhores franquias considerando as boas práticas administrativas, gestão e inovação no ano de 2018. Assim, essas franquias apresentam-se como boas opções para o ano de 2020.

Veja a seguir a lista de algumas franquias:

Melhores Franquias – 2020

CNA

Tipo de Negócio – ensino de idiomas (inglês e espanhol)
Investimento – a partir de R$ 123.200 (ESTADO SEDE SÃO PAULO)
Retorno do Investimento
 – de 18 a 24 meses
Faturamento Médio Mensal
 – R$ 95.000

Griletto

Tipo de Negócio – fast food de grelhados e parmegianas
Investimento – a partir de R$ 390.000 (ESTADO SEDE SÃO PAULO)
Retorno do Investimento
 – de 24 a 36 meses
Faturamento Médio Mensal
 – R$ 130.000

Maria Brasileira

Tipo de Negócio – prestação de serviços de limpeza, conservação e cuidados domésticos e comerciais.
Investimento – a partir de R$ 56.900,00 (ESTADO SEDE SÃO PAULO)
Retorno do Investimento
 – de 12 a 15 meses
Faturamento Médio Mensal – R$ 45.000,00
Lucratividade média – 20% do faturamento

CEBRAC

Tipo de Negócio – cursos
Investimento – a partir de R$ 305.000 (ESTADO SEDE PARANÁ)
Retorno do Investimento
 – de 18 a 24 meses 
Faturamento Médio Mensal
 – R$ 170.000

Bibi Calçados

Tipo de Negócio – loja de calçados e acessórios infantis
Investimento – a partir de R$ 430.000 (ESTADO SEDE RIO GRANDE DO SUL) 
Retorno do Investimento
 – de 18 a 36 meses 
Faturamento Médio Mensal
 – R$ 80.000

Cacau Show

Tipo de Negócio – comércio de chocolates finos e semelhantes
Investimento – 
a partir de R$ 30.000,00
Retorno do Investimento – 
18 a 24 meses

Melhores Franquias - 2019

Havaianas

Tipo de Negócio – loja exclusiva de produtos havaianas, coleção de sandálias, tênis e acessórios
Investimento – a partir de R$ 245.000 (ESTADO SEDE SÃO PAULO)
Retorno do Investimento – de 18 a 36 meses

O Boticário

Tipo de Negócio – comércio de cosméticos e perfumaria
Investimento Total – a partir de R$ 85.000,00 (ESTADO SEDE PARANÁ)
Retorno do investimento – 18 a 36 meses

Prepara Cursos

Tipo de Negócio – cursos profissionalizantes
Investimento
 – a partir de R$ 60.000 (ESTADO SEDE SÃO PAULO)
Retorno do Investimento – de 18 a 24 meses
Faturamento Médio Mensal – R$ 50.000

Se interessou por alguma das melhores franquias para 2020? Veja esse vídeo do Sebrae sobre como abrir uma franquia:

 

 

No artigo melhores franquias – 2020 listamos algumas boas franquias que podem ter despertado seu interesse.

E aí, pronto para um novo negócio?
Fonte: https://www.portaldofranchising.com.br/franquias/melhores-franquias-do-brasil-2019/

Está interessado em mais ideias de franquias? Conheça nossas sugestões de boas franquias home based.